Horário de Atendimento (presencial):
Segunda a Sexta 06h 30 às 17h 30
Sábados 06h 30 às 12h 30
Exceto feriados
Atendimento Telefônico:
Segunda a Sexta 07h às 22h
Sábados 07h às 13h
Exceto feriados
Central de Agendamento:
(11) 3352 1344
(11) 2076 7880
sac@crya.com.br
Whatsapp:        
Informações sobre agendamento:
(11) 97222-2477
Segunda a Sexta 07h às18:30h
Sábados 07h às 12h
Recepção Higienópolis:
(11) 99976-1295
Envio de documentação (carteirinha convênio, pedido médico, RG, email) para antecipação da ficha. Os documentos devem ser enviados com até 48hs de antecedência do horário agendado.
Vacinas:
(11) 94506-0334
Segunda a Sexta 07h às16:30h
Sábados 07h às 12h

Leitura Radiológica das Pneumoconioses segundo a classificação da OIT-2000 (Organização Internacional do Trabalho)

Um método de descrição de radiografias de tórax de trabalhadores expostos a poeiras e susceptíveis a doenças pulmonares por elas induzidas, foi desenvolvido e disseminado sob os auspícios da Organização Internacional do Trabalho (OIT) tendo permitido a padronização do relatório e sua utilização em investigações epidemiológicas e de saúde publica.

Por determinação das Normas Regulamentares do Ministério do Trabalho e Emprego, é o método de referencia para a interpretação de radiografias de trabalhadores expostos a poeiras - (Pneumoconioses).

No inicio de 2003 , a OIT lançou a última versão da classificação (2000) substituindo a versão de 1980, com melhores definições de lesões pleurais e novos símbolos, assim como um jogo adicional de radiografias padrão.

O médico leitor deve ter tido um treinamento específico na Classificação Radiológica da OIT através de curso de qualificação - (Leitor A), ou ser qualificado através de avaliação de proficiência pela NIOSH/CDC – EUA - (Leitor B)

O relatório detalhado é dado em formato especial sempre se comparando com radiografias padrão fornecidas pela OIT.



Alguns ramos de atividade onde podem ocorrer exposição ocupacional a sílica livre cristalina.


Agricultura: Aragem, colheita, uso de máquinas mineração, extração e operações relacionadas com o beneficiamento do minério. Ocupações em minas, na superfície ou embaixo da terra, processo de trituração e corte de pedra, trabalho com ardósia.


Construção civil: Abrasivos para jateamento de estruturas, edifícios, construção de alto estradas e túneis, escavação e movimentação de terra, demolição.


Vidro incluindo fibra de vidro: Industrias de vidro e refratários.


Cimento: Processamento da matéria prima - ( Argila, areia, pedra calcária)


Produção de carbeto de silício: Fabricação de Produtos abrasivos


Cerâmicas, incluindo tijolos, telha, , porcelana e refratários: Misturas, moldagem, acabamento.


Fundições (ferrosos e não ferrosos): Fundição da peças, limpeza de peças e fornos.


Borrachas , plásticos e tintas - Manuseio de matéria prima através de funis alimentadores


Sabões e cosméticos: Sabões abrasivos


Joalheria: Corte, polimento de gemas


Material dental: Areia abrasiva, polimento


Reparos de automóveis: Abrasivo para jateamento


Alguns ramos de atividade onde podem ocorrer exposição ocupacional ao amianto ou asbesto.


Fibrocimento ou cimento amianto: Chapa ondulada para cobertura, tubos para água sob pressão para esgotos e outros fins, reservatórios para líquidos e numerosa gama de moldados


Têxtil: Têxteis de várias espécies, fios, cabos, cordas, vestuário para bombeiros e para corredores de automóveis, para soldadores e astronautas.


Automotriz: Calços para travões e embreagens empregues nas viaturas automóveis, aviões, vagões, gruas, pontes rolantes e ascensores.


Elétrica: Isolante sob a forma de fio, fita, bainha e placas.


Plástica e tintas: Ladrilhos de amianto-vinilo (como aditivo), cúpulas protetoras de radares e antenas empregues nas comunicações aeroespaciais.


Prensados: Isolamento térmico de fornos e caldeiras.


Química: Tanques de armazenamento, tubos e diversos tipos de recipientes, reforço de plásticos (como aditivo).


Aeroespacial: Escudo das naves espaciais, nariz do avião Concorde.


Naval:Isolamento.


Farmacêutica: Filtros para organismos e partículas coloidais.


Créditos: Prof. Dr. Roberto Avritchir Médico Radiologista formado pela Faculdade de Medicina Souza Marques em 1984, com Residência Médica, Mestrado e Doutorado pela Santa Casa De Misericórdia de São Paulo. Professor da Faculdade de Medicina da Santa Casa de São Paulo. Diretor clinico da CRYA-Clinica Radiológica Yeochua Avritchir Membro titular do colégio Brasileiro de Radiologia
Contato: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.